JP Borrachas e Parafusos
17 de julho de 2019
03/04/2012
Em entrevista a Rádio Cidade, 94 FM, o ministro Garibaldi Filho (PMDB) voltou a minimizar o discurso que o deputado Walter Alves (PMDB) fez na Assembleia Legislativa. Na semana passada, Walter disse que o PMDB não é subserviente ao Governo Rosalba, mas Garibaldi descartou crise.
 
“Nem oito, nem oitenta. Eu não diria que foi uma tempestade num copo d’água. Mas também não foi uma crise. Porque uma crise não deixa de ter efeitos mais duradouros. Ela persiste. Termina por provocar um constrangimento. E na verdade, depois de tudo isso, nós temos a governadora presente num evento do PMDB, todo mundo de verde, inclusive a governadora, mais verde que os verdes do PMDB. Então você não pode falar em crise. Mas também você não pode tapar o sol com a peneira que está havendo um distanciamento”, afirmou o ministro na 94 FM de Natal.
Oticas carol Pau dos Ferros
03/04/2012

A Tribuna do Norte destaca que a governadora Rosalba Ciarlini decretou ponto facultativo na próxima quinta-feira (5). O decreto vale para todos os órgãos e entidades da administração direta, indireta, autárquica e fundacional do Governo do Estado. Durante toda a quinta-feira serão executadas apenas aquelas atividades que sejam consideradas essenciais.

03/04/2012

A Emater, em parceria com as prefeituras municipais e associações comunitárias, coordena nessa terça e quarta-feira, dias 3 e 4 de abril, a despesca e doação de pescado para a Semana Santa nas regionais de Assu, João Câmara, Pau dos Ferros e Umarizal. A ação faz parte do Programa de Aquisição de Alimentos – Compra Direta Local da Agricultura Familiar, financiado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com o Governo do Estado e Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), executado pela Emater-RN.

Por meio do Compra Direta, os pequenos agricultores e pescadores vendem sua produção por um preço justo, livre de atravessadores. Os produtos são repassados para entidades beneficentes, escolas públicas, hospitais e creches. O pescado adquirido esta semana será doado para pessoas em insegurança alimentar, que foram selecionadas pelas secretarias de ação social dos municípios, para serem consumidos durante a Semana Santa.

03/04/2012

No ano de 2009 a Secretaria de Saúde de Pau dos Ferros viabilizou a capacitação de nove profissionais de saúde (sendo duas enfermeiras e sete agentes comunitários de saúde) para formação em Terapia Comunitária.

A Terapia Comunitária é caracterizada por um espaço de convivência social. Representando uma oportunidade das pessoas buscarem – e encontrarem – uma rede social de apoio. Além de ser um chance de unir e reunir pessoas, trocar experiências, participar de vivências, expandir conhecimentos e pontos de vista sobre emoções que todos sentem, através de ações de inclusão social e diversidade cultural.

Em Pau dos Ferros, as Terapeutas Comunitárias, Marta Gadelha, Doralice Costa e Augusta Bessa, vem realizando um trabalho no Centro de Atenção Psicossocial de Pau dos Ferros – CAPS II, desde fevereiro de 2010, durante às terças-feiras. Há aproximadamente um ano, dado o sucesso do trabalho, a coordenadora do CAPS, Joana Celine, propôs a extensão dessa Terapia aos familiares dos usuários do CAPS.

De acordo com Joana Celine, esse trabalho é uma importante ferramenta de caráter preventivo, que pode tornar possível a realização de ações em saúde mental na atenção básica para usuários que possuem transtornos leves, surgindo como outra opção à medicalização e ao encaminhamento ao CAPS, fortalecendo assim a rede de saúde mental do município.

As Terapeutas afirmam que a Terapia Comunitária no CAPS,vem prevenindo agravos e já são perceptíveis alguns avanços: “No início, muitos usuários só ouviam e agora eles já participam, e a maioria permanece durante toda a terapia, que tem duração média de 1 hora e 30 minutos”, afirmaram as terapeutas.

Ainda de acordo com elas, os usuários relatam a oportunidade se falar e serem ouvidos. As profissionais comemoram ao saber que um dos participantes, que por problemas de saúde, não tinha condições de trabalhar, iniciou atividades com argila e já realiza entrega de argila para arranjos de flores artificiais no comércio local recebendo elogios quanto ao seu produto.

Supermercado Queiroz
03/04/2012

A auditoria interna da Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA), através de denúncia, descobriu um possível favorecimento de professores no concurso que a instituição está realizando. O caso foi apurado pelo auditor André Luis Américo Moreira e o reitor Josivan Barbosa já enviou o relatório para parecer o procurador federal. Segundo Josivan Barbosa, a tendência são as inscrições dos professores envolvidos serem indeferidas.

Conforme a documentação a qual este repórter teve acesso, os professores Genilson Fernandes Queiroz e Valéria Veras de Paula, respectivamente na qualidade de diretor e vice do Hospital Veterinário da Ufersa, participaram do processo de definição dos perfis dos cargos de médico veterinário e do conteúdo programático dos cargos em questão, que por sua vez coincidem respectivamente com a formação profissional/acadêmica e com as disciplinas ministradas pelos dois na instituição, nas áreas de clínica cirúrgica e anestesiologia.

O auditor André Luís Américo Moreira destacou que os trabalhos de apuração consistiram na análise do quadro de vagas do concurso, descrição sumária dos cargos, conteúdo programático e nos detalhes do Edital do Concurso. No Edital, Luís Américo analisou precisamente os cargos de médico veterinário (clínica cirúrgica de pequenos animais e diagnóstico por imagem) e médico veterinário (anestesiologia e terapia intensiva), que seria as pretensões dos professores Genilson Queiroz e Valéria Paula.

Ainda conforme os documentos que a reportagem teve acesso, Genilson e Valéria, depois que participaram de “forma efetiva e determinante do edital”, segundo André Luís Américo, com os detalhes que os favorecia diretamente na disputa de títulos, fizeram a inscrição no concurso. Só que o caso foi descoberto e apurado. “Infelizmente, estas coisas acontecem e temos que mandar apurar e tomar as medidas previstas em lei”, explica o reitor Josivan Barbosa, lembrando que o relatório de apuração já está com a procuradoria da Ufersa.

Para o auditor André Luís, “é forçoso concluir que a manutenção da participação dos docentes supracitados no certame o torna ilegal, gerando rompimento da isonomia entre estes e os demais candidatos a serem sabatinados, viciando o processo de seleção pela afronta os princípios constitucionais da impessoalidade e moralidade”, escreveu. A recomendação do auditor é para que o reitor não homologue a inscrição dos dois professores. O relatório foi concluído e assinado no dia 29 de março. “Os erros serão corrigidos e o concurso segue”, garante o reitor Josivan Barbosa.

03/04/2012

http://3.bp.blogspot.com/-d5EpN5j05Bg/T3Yb8363NaI/AAAAAAAAncs/sITxIebWRRg/s730/Panfleto%2BUmarizal%2BFest%2BM%252B%25C2%25A1dia%2Bc%252B%25C2%25A6pia.jpg

A micareta de Umarizal, em sua 9ª edição vem com grandes atrações, que farão a festa durante os dias 11, 12 e 13 de maio. Dentre as atrações, estão os aguardados shows de Parangolé, Banda Grafith e o Babado Novo, e para os foliões que querem curtir uma das melhores micaretas do interior do Rio Grande do Norte, o Umarizal Fest já iniciou as vendas em seus pontos de venda e também pela internet.

Os abadás Oficiais e Vips estão nos preços de 110,00 e 120,00, respectivamente, em diversos pontos de venda espalhados pela região:

Umarizal – Sede do Umarizal Fest (Próximo a Churrascaria Vai e Vem) – 9656-2345
Martins – Erica Onofre (Imperatriz Artesanato) – 9978-4527
Lucrécia – Naldinho – 9666 8990

Além dos pontos de venda credenciados, você pode adquirir seu abadá pela internet, através do site www.micompre.com, pelos preços de 130,00 para o Abadá Oficial e 140,00 para o Abadá Vip, em até 6x sem juros e em 12x com juros nos cartões de crédito, com toda a segurança do sistema PagSeguro do Uol.

Tote Barreto anima Micareta Infantil do Umarizal Fest

Para abrilhantar ainda mais o Umarizal Fest, no domingo, à tarde, haverá o Baby Fest, a micareta da criançada do Umarizal Fest. Animado pelo cantor Tote Barreto, que já é figurinha carimbada nas melhores micaretas do interior do Rio Grande do Norte.

03/04/2012

Um homem só vale o que ele tem. Esse ditado cai como uma luva para o ex-prefeito de Luís Gomes, Pio X Fernandes. Após algumas condenações pelo Tribunal de Contas do Estado, ele deverá ressarcir os cofres públicos em R$ 1,5 milhão, em apenas um dos processos. Além disto, foi citado na lista do Tribunal Regional Eleitoral, como candidato que teve as contas reprovadas. Desta forma, tornando-se, assim como Nilton Figueiredo, aqui em Pau dos Ferros, inelegível em 2012.

Com tantas notícias ruins, o ex-gestor começa a ser esquecido nas negociações políticas visando às eleições de 2012. O primeiro “canto de carroceria”, dele veio através do atual prefeito, Francisco Tadeu Nunes (PPS) que se aliou e a médica Dr. Antônia Gomes Abrantes Barbosa (DEM), deixando o ex-prefeito de lado. É como dizem: além da queda, o coice.

Acontecerá, nesta Quarta-feira, 04, na cidade de Mossoró, promovida pela Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC) a “Caminhada da Conquista”. Esta atividade é para comemorar, com a população, a aquisição do Acelerador Linear para o “Hospital do Câncer”.  O grupo vai percorrer várias ruas do centro da cidade, a partir do Teatro Dix-huit Rosado. Juntos estarão doadores, pacientes, familiares, funcionários e voluntários.

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte realizou, na tarde dessa segunda-feira, 2, doação de um lote de 250 itens de informática à Polícia Civil do Estado do RN. A lista de equipamentos doados inclui impressoras, estabilizadores, monitores, teclados e mouses. Os itens foram doados à Divisão de Polícia do Oeste, e serão distribuídos para 35 cidades que compõem as 4 regiões da divisão, com sedes em Pau dos Ferros, Mossoró, Patu e Alexandria. Só assim, para os Policiais civis terem com o que trabalhar.

Agradeço a leitura deste blog, pela estudante Luciana Kaline Oliveira. É sempre uma honra.

O blog parabeniza, por mais um aniversário, os irmãos Fábio e Fabrício Torquato. Muita saúde, paz, amor e sucesso na vida. 

 
Os filhos de Maria: Fabíola, Fábio, Mona Lisa e Fabrício Torquato 

02/04/2012
Mais um pacote contendo seis aparelhos celulares foram encontrados na noite deste sábado (31) no Presídio Regional de Pau dos Ferros/RN, totalizando em menos de uma semana, 31 celulares, vários carregadores, chips e serras foram interceptados por PMs e Agentes Penitenciários que compõe a guarda e segurança do Complexo Penal Regional de Pau dos Ferros/RN.

Registrando mais uma apreensão, PMs e agentes penitenciáriosvem demonstrando dedicação, mesmo diante das tantas dificuldades enfrentadas, sem as mínimas condições de trabalho , onde funciona com uma estrutura física decadente, esses profissionais que prestam serviço no presídio tem obtido resultados significantes no combate e controle da entrada de objetos ilícitos na unidade penal.


Material apreendido no último sábado

*Nosso Paraná 

Delirius
02/04/2012

Os espanhóis que entrarem no Brasil a partir desta segunda (2) serão submetidos às mesmas exigências que a Espanha impõe aos brasileiros. A reciprocidade será adotada após seguidas rejeições de brasileiros que tentaram entrar na Espanha.

Os turistas espanhóis que chegarem ao Brasil devem apresentar passaporte válido por, no mínimo, seis meses, passagem de ida e volta, e documento de reserva em hotel ou carta-convite, em caso de estada em uma residência, com assinatura do anfitrião autenticada em cartório.

Além disso, o turista deve comprovar renda correspondente ao tempo de permanência no Brasil (em torno de R$ 170 por dia), por meio da apresentação de fatura do cartão de crédito, por exemplo. Para barrá-lo, os agentes federais tomaram como base o decreto 86.715, de 1981, que trata da situação jurídica do estrangeiro no Brasil. O artigo 51 diz que o estrangeiro pode ser impedido de entrar por falta de documentação.

No início de março, a brasileira Dionísia Rosa da Silva, 77, que pretendia visitar a filha, foi retida por três dias no aeroporto de Madri, na Espanha. Ao desembarcar com a neta no aeroporto de Barajas, as duas foram chamadas para uma entrevista com um oficial da imigração.

A polícia espanhola afirmou que a filha e o genro de Dionísia vivem em situação irregular na Espanha, e que isso foi determinante para não deixá-la entrar. Além disso, a polícia diz que ela não tinha dinheiro e nem apresentou extrato bancário que comprovasse ter os 70 euros por dia de permanência, mínimo exigido pela Espanha.

A neta que viajava com a avó foi liberada. Ao comentar o caso, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Tovar Nunes, disse que a permissão de entrada e concessão de visto é um ato de soberania, mas os direitos dos cidadãos devem ser respeitados.

JChaves
02/04/2012

Uma mistura de susto e desconhecimento tomou conta das duas mulheres. Camila Moreira Olímpio, de 28 anos, já havia escolhido o nome da menina: Stacy. Quando descobriu, no exame de ultrassom, que a filha tinha anencefalia, uma má-formação do cérebro incompatível com a vida, valeu-se de uma autorização judicial para antecipar o parto. A menina viveu por 10 segundos. Felipe, segundo filho de Márcia Tominaga, resistiu cerca de 20 minutos, vítima da mesma anomalia congênita.

A mãe, hoje com 41 anos, optou por levar a gravidez até o fim. “Me preparei para o parto e para o enterro. Sou contra o aborto, mesmo de um filho que não vai viver”, diz. Camila pensa diferente. “É crueldade obrigar uma mulher a continuar a gestação sabendo que terá que colocar seu bebê em um caixão”, assinala.

Com histórias parecidas e opiniões tão contrárias, as duas mulheres, que nem se conhecem, representam bem o impasse instalado no Supremo Tribunal Federal (STF). Na próxima semana, os 11 ministros da mais alta Corte do país julgarão uma ação proposta pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde (CNTS), que reivindica a legalização do aborto em casos de anencefalia.

O tema chegou ao STF em 2004, mesmo ano em que uma liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello autorizou as grávidas de anencéfalos no Brasil a abreviar o parto. Menos de quatro meses depois, a decisão foi derrubada. Voltou a ser exigida, então, uma autorização judicial para o aborto, sob risco de a mulher e o médico serem processados por homicídio.

02/04/2012

Cinco anos após a criação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), as maiores obras de infraestrutura do país têm atraso de até 54 meses em relação ao cronograma original. É o caso da Ferrovia Norte-Sul e do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco.

Entre as obras com orçamento acima de R$ 5 bilhões, os atrasos são de, pelo menos, um ano. Levantamento feito pelo GLOBO nos balanços do PAC mostrou que em dez megaobras, que somam R$ 171 bilhões, os prazos de conclusão previstos no cronograma inicial foram revistos.

O GLOBO mostrou, a partir de um estudo da ONG Trata Brasil, que o atraso é comum também em grandes obras de saneamento, que beneficiariam cidades com mais de 500 mil habitantes. Apenas 7% de 114 obras estavam concluídas, e 60% apareciam como atrasadas, paralisadas ou não iniciadas.

No caso das grandes obras bilionárias, há exceções, como as plataformas da Petrobras e as hidrelétricas do Rio Madeira, que estão com as obras andando no tempo previsto e, em alguns casos, até antecipadas. As usinas de Jirau e Santo Antônio, porém, colocaram seus cronogramas sob reavaliação por greves em seus canteiros na semana passada.

02/04/2012

O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Ophir Cavalcante, defendeu neste domingo (1º) a renúncia imediata do senador Demóstenes Torres (DEM-GO).

“É uma medida extrema, pessoal, mas o teor das conversas telefônicas mantidas com o empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, divulgadas pela imprensa, evidenciam uma situação mortal para qualquer político”, afirmou o advogado.

Ele afirma que isso não o impedirá de exercer seu direito de defesa. “No entanto, a gravidade das denúncias por si só recomendam uma atitude moral. Continuar no cargo significa expor-se cada vez mais e ao seu partido. Mais ainda: expor o Congresso Nacional a mais um desgaste, no momento em que precisamos resgatar a credibilidade do parlamento para garantir o processo democrático”.

02/04/2012

A Prefeitura de São Francisco do Oeste realizou uma séria de inaugurações, que aconteceram no último sábado, dia 31 de março. O Primeiro compromisso do dia foi no conjunto Frei Damião, onde a administração municipal entregou 30 casas populares construídas através de um convênio com o Banco Paulista, contemplando igual número de famílias carentes do município.

Em seu discurso, a Secretária de Assistência Social, Gildete Barreto, destacou que as moradias foram construídas a um custo de R$ 14.000,00, mais contrapartida de 10% do município. Para a construção das 30 residências, disse a Secretária Gildete, a prefeitura investiu mais de R$ 42.000,00.

No final da tarde a caravana comandada pela Prefeita, Gildene Barreto, foi ao sítio Arapuá entregar a reconstrução da escola da localidade e mais num ônibus Escolar. Na escola municipal, que durante muitos anos foi abandonada pelas gestões passadas, a prefeitura investiu mais de R$ 25.000,00.

À noite a administração entregou a pavimentação de 03 ruas no bairro Novo Horizonte, cujo investimento somou R$ 201.500,00, valor oriundo dos cofres municipais. Ao final um grande show com a banda Arreios de Prata marcou o pool de inaugurações do Governo Gildene Barreto.

*Texto da assessoria da Prefeitura 

JChaves
02/04/2012

A bacharela em Direito, Marianna Almeida, prepara a 8ª edição do Mary Fest. O evento que reúne amigos e familiares, além de pessoas da sociedade, para festejar seu aniversário, com muito estilo e solidariedade.

Apesar da festa levar o nome da jovem Marianna Almeida, o Mary Fest, em sua 8ª edição, já deixou de ser um evento particular, e é aberto a todo o público, com uma ação social por trás dessa festividade.

Desde a edição 2011, os acessos ao Mary Fest têm sido feitos através da doação de alimentos não-perecíveis. E em 2012, não será diferente: para participar da festa, basta você doar 03 kg de alimentos não-perecíveis.

“Comemorar uma festa, ao lado de amigos é sempre muito bom, mas o Mary Fest é aberto para todos, afinal, nosso objetivo é ajudar as pessoas mais carentes, com a arrecadação de alimentos não-perecíveis.” afirmou a jovem bacharela em Direito, Marianna Almeida.

A cada ano, sempre inovando, o Mary Fest, é comemorado com uma temática, e na edição deste ano, o Mary Fest é denominado de “Boteco da Mary”, resgatando a memória e o estilo dos boêmios e dos sambistas de gafieira, que fizeram muito sucesso no início do século XX, principalmente no estado do Rio de Janeiro, com seus passos e danças repletos de malandragem, gingado e charme, transformando o evento em um verdadeiro boteco.

O evento acontecerá no BNB Clube, no dia 07 de abril, Sábado de Aleluia, à partir das 21h, tendo como atrações o Forró Danado do sanfoneiro mossoroense Giannini Alencar, o pagode do grupo pau-ferrense Ser do Samba e completando a noite, a música eletrônica do Dj Kaio. E além das atrações musicais, haverá Caipirinha totalmente grátis para regar a festa.

*Texto Erickson Queiroz – Assessor do evento

02/04/2012

Cerca de 19,5 milhões de contribuintes ainda não entregaram a declaração de Imposto de Renda 2012, segundo dados da Receita Federal do Brasil. A estimativa da Receita é de que 25 milhões de contribuintes prestem contas ao fisco este ano.

A Receita recebeu. até as 16h da sexta-feira, 5.568.696 declarações de Imposto  de Renda. O prazo para entrega termina em 30 de abril e quem não entregar a declaração dentro do prazo terá que pagar multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido.

A entrega do IR teve início em 1º de março e deve ser entregue por quem teve rendimentos tributáveis superiores a R$ 23.499,15 no ano passado. Além da internet, o contribuinte pode entregar a declaração em disquete nas agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

Quem não entregar a declaração dentro do prazo terá que pagar multa mínima de R$ 165,74.

02/04/2012

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Programa Estadual de Controle da Dengue (PECD), divulgou nova planilha de dados sobre o panorama da doença no Rio Grande do Norte. Os dados informam que até o dia 24 de março de 2012, o Rio Grande do Norte contabilizou 4.170 casos notificados de dengue. Deste total, 630 já tiveram diagnóstico confirmado. 

Dos 17 óbitos considerados suspeitos, quatro tiveram diagnóstico descartado, um teve diagnóstico confirmado como caso de dengue e os demais estão com diagnóstico pendente, aguardando os resultados dos exames.

Atualmente os municípios norte-riograndenses que apresentam alta incidência da doença são: Assu, Alto do Rodrigues, Campo Grande, Messias Targino, Pendência, Caiçara do Norte, Galinhos, Guamaré, Pedro Avelino, Jardim do Seridó, Parelhas, Santana do Seridó, Alexandria, Lucrécia, Luis Gomes, Olho D’Água dos Borges, Patu, Umarizal e Viçosa. “È importante lembrar que a incidência é um dado acumulativo ao longo do ano, e que considera não apenas o número absoluto de casos, mas também é proporcional à população do município”, ressalta a Coordenadora do PECD, Kristiane Fialho. 

02/04/2012

O trabalhador que teve vínculo empregatício, mas não teve as contribuições mensais recolhidas à Previdência Social deve ter o seu tempo de serviço reconhecido, para efeito de aposentadoria, segundo entendimento do presidente do Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS), Manuel Rodrigues.

O presidente disse que para o reconhecimento do direito basta que o empregado apresente, quando for se aposentar, a Carteira Profissional, com a anotação do contrato de trabalho, com a data de entrada e de saída do emprego.

Outra prova importante que justifica o tempo de serviço do trabalhador para ser beneficiário da Previdência Social é a apresentação da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) que todo ano os empregadores têm que encaminhar ao Ministério do Trabalho e Emprego.

Como a Rais só passou a existir a partir de 1976 e os dados são informados pelas delegacias regionais do Trabalho e inseridos no Cadastro Nacional de Informações Sociais, quem trabalhou antes disso só terá como prova a Carteira Profissional.

Oticas carol Pau dos Ferros
02/04/2012

Os servidores estaduais da saúde entram em greve por tempo indeterminado nesta segunda-feira, dia 2 abril. Eles se concentram em frente ao Walfredo Gurgel em um Ato Público de 9h às 10h, onde devem sair em passeata com parada de 10 minutos na Unicat, com mais uma parada de 10 minutos no João Machado, e mais 10min no Hemonorte, com encerramento às 11h30. À tarde deverá haver reuniões por local de trabalho, organização da greve e escolha do comando de greve.

A paralisação foi decidida em assembleia dos servidores do dia 16 de março. Na audiência ocorrida no dia 19 de março não houve avanços nas negociações e última, marcada para o dia 28 de março, foi desmarcada pelo governo.

A pauta pede o pagamento de plantões trabalhados entre agosto de 2010 e março de 2011 que até hoje não foram pagos, reajuste de 14,92% (referente a inflação dos últimos dois anos), implantação de uma tabela de incentivo à qualificação, incorporação de gratificações, contratação de pessoal e melhores condições de trabalho para diminuir a sobrecarga dos servidores. A pauta também pede a finalização das reformas nos hospitais Santa Catarina, na Zona Norte de Natal, e Rafael Fernandes, em Mossoró. Entre outros pontos.

02/04/2012

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh/RN) está trabalhando para inaugurar a “Sala de Situação” do Rio Grande do Norte no mês de junho. O objetivo desta sala é monitorar e alertar com antecedência sobre a possibilidade de inundações. Os equipamentos estão sendo enviados pela Agência Nacional de Águas (ANA) que é parceira na realização deste trabalho.

Serão monitoradas as bacias hidrográficas do Piranhas/Açu e do Apodi/Mossoró, que são as áreas consideradas mais suscetíveis a cheias. Além da “sala de situação”, que ficará localizada na sede da Semarh em Natal, o RN terá 13 estações de campo que enviam as informações para os técnicos fazerem suas avaliações na central.

Sete estações já existem, foram instaladas com recursos do Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF). Elas estão localizadas ao longo das duas bacias do Apodi/Mossoró e Piranhas/Açu que estão sendo monitoradas porque também irão receber as águas da transposição. Outras seis estações novas serão instaladas em pontos estratégicos destas bacias.

Com as informações de chuvas e de modelos hidrogeológicos que chegam a um rio, por exemplo, os técnicos da “sala de situação” podem apontar em quanto tempo a inundação chegará a uma área de risco. “O trabalho é permanente e teremos precisão nas informações”, ressalta a coordenadora de gestão de recursos hídricos da Semarh, Joana D’arc Medeiros.

Após a instalação da “sala de situação” fica a cargo do Governo do Estado a definição de novas áreas para receber estações que vão enviar dados para a central. Ou seja, é um trabalho contínuo que pode ter novos investimentos dependendo da necessidade.

Entre 16 e 19 de abril, dois técnicos da Semarh, um da Defesa Civil e um da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) estarão em Brasília fazendo capacitação na ANA sobre a “sala de situação”.

Supermercado Queiroz
02/04/2012

Em resposta às inúmeras demandas recebidas pelos órgãos de imprensa nas últimas semanas, a Procuradoria da República no DF – órgão que representa o Ministério Público Federal perante a Justiça Federal de primeiro grau do DF – , informa que instaurou, em 29 de março de 2012, investigação cível preliminar (procedimento preparatório) para apurar possível prática de improbidade administrativa pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, por eventual omissão quanto ao suposto esquema de corrupção comandado pelo ex-presidente da Casa da Moeda Luiz Felipe Denucci.

A investigação será conduzida pelo titular do 3º Ofício de Patrimônio Público, procurador da República Júlio Carlos Schwonke. De acordo com a Resolução 23/2007 do Conselho Nacional do Ministério Público, o procedimento preparatório tem prazo de 90 dias para ser concluído, prorrogável por igual prazo, uma única vez, em caso de motivo justificável. Caso a investigação não seja concluída nesse período, o procedimento é convertido em inquérito civil, cujo prazo de conclusão é de um ano, prorrogável.

A instauração do procedimento preparatório é decorrente de representação de autoria dos senadores Demóstenes Torres, Álvaro Dias, Aloysio Nunes, Pedro Taques, Jarbas Vasconcelos e Randolph Rodrigues, encaminhada à Procuradoria da República do Distrito Federal pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, em 16 de março de 2012.

Procedimento Preparatório 1.00.000.002056/2012-95. Confira a íntegra da Portaria de Instauração do Procedimento Preparatório.

Delirius
02/04/2012

O senador Demóstenes Torres (GO) receberá ainda na noite desta segunda (2) uma comunicação da direção do DEM. Em ofício assinado por seu presidente, José Agripino Maia (RN), o partido informa que decidiu abrir um processo administrativo disciplinar de expulsão de Demóstenes dos seus quadros.

“Decidimos fazer o expediente em razão da reiterada, reincidente e notória perda dos padrões éticos por parte do senador Demóstenes”, disse Agripino ao blog. “A comunicação sera feita nesta noite e ele terá o prazo estatutário de uma semana para apresentar sua defesa.”

*Josias de Souza 

Delirius
01/04/2012
Como Nossos Pais
Interpretação: Elis Regina

Você me pergunta
Pela minha paixão
Digo que estou encantada
Como uma nova invenção
Eu vou ficar nesta cidade
Não vou voltar pro sertão
Pois vejo vir vindo no vento
Cheiro de nova estação
Eu sei de tudo na ferida viva
Do meu coração…

Já faz tempo
Eu vi você na rua
Cabelo ao vento
Gente jovem reunida
Na parede da memória
Essa lembrança
É o quadro que dói mais…

Para acompanhar a letra na integra, click aqui.

01/04/2012

A história da “Mensagem a Garcia”, um texto de Elbert Hubbard é o melhor exemplo de motivação e atitude positiva. É preciso refletir sobre esse exemplo de pessoa que, por sua própria iniciativa, foi capaz de levar a cabo a tarefa se destacando pela atitude pró-ativa.

“Quando irrompeu a guerra entre a Espanha e os Estados Unidos, não se sabia exatamente em que interior do sertão cubano estava o Garcia, chefe dos insurretos. Quem poderia entregar-lhe um importante comunicado? Alguém lembrou ao Presidente: Há um homem chamado Rowan. Diante da incumbência, Rowan tomou a carta, colocou-a num invólucro impermeável, amarrou-a sobre o peito e após quatro dias, saltou de um barco sem coberta, tendo atravessado a pé um país hostil e entregou a carta ao Garcia”.

Rowan pegou a carta do Presidente e nem sequer perguntou: “Onde é que ele está?” Não tentou passar a incumbência a outrem, mas tomou para si o desafio de entregar a carta ao destinatário, demonstrando sua motivação e iniciativa.

Nunca perca de vista o lado positivo de uma experiência negativa. As dificuldades fazem parte da caminhada, os erros fazem parte do aprendizado em busca do sucesso que todos nós buscamos. Focalize seu sucesso e não o que pode te impedir de alcançá-lo. Diga para você mesmo que irá atingir seus objetivos, visualize-se como um vitorioso, e olhe para seu futuro mentalizando o reconhecimento profissional e o respeito por todos.

Não tenha pressa, lembre que se tornar um agente motivador requer esforços. Você vai conseguir! Sua atitude determina suas ações. Nunca espere por alguém pra lhe motivar. Para ser um vencedor é essencial que você tenha uma atitude positiva. Adote uma postura de atitude positiva e tenha confiança em você, só assim conseguirá liberar a motivação.

Edivan Silva é palestrante e conferencista. Autor de vários livros e um dos 25 maiores nomes na motivação corporativa do Brasil.
Visite o site: www.edivansilva.com.br
E-mail: contato@edivansilva.com.br

Supermercado Queiroz
01/04/2012


Perobas – Touros/RN

JChaves
01/04/2012

“Vivemos com os nossos defeitos como com os cheiros que temos: não os sentimos, eles só incomodam os outros.” – Anne Lambert

Delirius
01/04/2012

Falta de estrutura, corpos enterrados por engano, aparelhos sucateados, laudos necroscópicos incompletos. Os antigos e aparentemente insolúveis problemas do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP/RN) serão tema de uma audiência pública na próxima terça-feira. Representantes do Ministério Público Estadual (MPE), Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública (SINPOL), servidores de carreira do Instituto, direção geral e coordenadores, discutirão as históricas e também atuais dificuldades do órgão. 

Durante a audiência, o promotor responsável pela Controladoria Externa da Atividade Policial, Wendell Beetoven Ribeiro Agra, irá apresentar o resultado das investigações iniciadas há seis anos, com a instauração do inquérito civil 001/2006. “O Itep é hoje o órgão mais desorganizado e ineficiente do sistema estadual de segurança. O Instituto não tem lei orgânica, que é a definidora da estrutura do órgão. Hoje é feito por leis antigas e não estão adequadas à atual Constituição”, declarou o promotor. 

Ele cita que o órgão não dispõe de novas técnicas periciais para o esclarecimento de crimes complexos, cuja ajuda da ciência e da tecnologia são indispensáveis. “Com o uso da ciência, os depoimentos testemunhais chegam a ser até desnecessários”, afirmou Wendell. Para os promotores que atuam em processos criminais, a prova científica é imprescindível à elucidação de um crime e, consequentemente, à incriminação de um suspeito. Tanto para Wendell Beetoven como para o presidente do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública (SINPOL), Djair Oliveira, o combate à criminalidade está diretamente ligado ao funcionamento otimizado da Polícia Técnica.

As cobranças relacionadas à melhoria da estrutura do Itep em todo o Rio Grande do Norte são antigas. O ofício 065/2003, assinado pelo então promotor de justiça do município de Cruzeta, Morton Luiz Faria de Medeiros, apontou falhas nas perícias criminais em um homicídio ocorrido na cidade e pedia providências imediatas para a base do Itep em Caicó. “Dentre os principais problemas, figuram a ausência de foto do cadáver, a insistência do uso da figura do “perito revisor”, a ausência quase completa da análise criminalística, morosidade na realização de exames e precariedade de informações consignadas no laudo”, relatou o promotor à época.

Quase dez anos depois, a situação é praticamente a mesma e não se resume ao Instituto baseado em Caicó. Em Natal e Mossoró, os necrotomistas utilizam facas peixeira para realizarem a abertura dos corpos a serem autopsiados. Este, porém, não é o único improviso. Na sede do Itep, em Natal, os aparelhos utilizados para a realização dos exames cadavéricos são acondicionados em locais sem proteção. No Laboratório de Toxicologia, as seringas utilizadas em testes para identificação de substâncias voláteis em amostras de sangue, vísceras, urinas e tecidos (compostos celulares), são descartadas em uma garrafa pet.

“O Itep funciona hoje como funcionava há 50 anos”, ressalta Wendell Beetoven. De acordo com ele, “à medida que o Instituto funciona mal, somente o criminoso é quem se beneficia”. Além dos problemas relacionados aos Setores de Criminalística, Toxicologia e Perícias, há também o acúmulo de serviço na Coordenadoria de Identificação (CODIM). Quase todos os dias, uma longa fila se forma na calçada do prédio formada basicamente por pessoas que necessitam retirar a segunda via do Registro Geral (RG). Para o diretor-geral do Instituto, Nazareno de Deus Medeiros Costa, a situação melhorou um pouco nos últimos meses. 

“Ainda é muito difícil, mas melhorou. O principal problema é estrutural. O prédio se tornou pequeno com uma estrutura suficiente”, ressaltou o diretor. Ele aponta como melhorias, a aquisição de uma nova câmara frigorífica para acondicionamento dos corpos, computadores, impressoras e 14 veículos (entre caminhonetes e carros de passeio utilizados nas perícias).

01/04/2012

De beneficiador a complicador. O Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior (FIES), programa do Ministério da Educação, está causado problemas para as instituições privadas de Natal. O pagamento do FIES, que está a cargo do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), não estaria sendo repassando às faculdades. Algumas instituições contabilizam mais de seis meses sem receber nenhum benefício e não estão mais fazendo o financiamento para os estudantes. Os problemas com o sistema que coordena o programa viriam desde as mudanças ocorridas em 2010, atingindo instituições de ensino superior do Brasil inteiro.

O diretor financeiro da Faculdade de Ciências, Cultura e Extensão do RN (Facex), Oswaldo Guedes Figueiredo, afirma que os recursos do FIES não estão sendo repassados, mas a faculdade assinou os contratos normalmente, o que não deve mais acontecer. “Desde que foi para FNDE a gente tem tido problema. Por enquanto nós suspendemos a conta do FIES”, declarou Oswaldo.

Dos 5.500 alunos que a Facex tem atualmente, pelo menos 800 usam o crédito do financiamento, e segundo o diretor, nos dois últimos semestres o FNDE repassou apenas 10% do que deveria ser pago dessas mensalidades. A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil são responsáveis pelo financiamento feito pelos estudantes. Somente do BB, a Facex ainda precisa receber R$ 800 mil referente a 299 mensalidades.

O reitor da Faculdade Natalense Para o Desenvolvimento do RN (Farn), Daladier Cunha Lima, não tem dados exatos em relação ao tempo de atraso do Fies, embora o problema no repasse esteja acontecendo. “Falta repassar de alguns contratos de 2010, mas são poucos, e os de 2011 é que são muitos”, lembrou. Daladier também atribui à mudança no sistema do Fundo de Financiamento, as situações complicadas que as instituições estão passando nos últimos meses. “Mudaram o programa que gera financiamento, o que deu vantagem para agilizar inscrições e aprovações dos alunos. Mas para as instituições piorou muito”, relatou.

De acordo com Daladier, o recursorecebido do FNDE, na verdade são créditos para serem abatidos em tributos. “Temos valores acima do que precisamos. É um percentual alto, que ultrapassa a nossa necessidade. Não colocamos um teto [valor máximo de financiamento] e o atendimento do FIES cresceu bastante”, enfatizou o reitor.

Através da assessoria de imprensa, a Universidade Potiguar (UNP) informou que não tem nenhum problema com o Fies. A reportagem do Diário de Natal entrou em contato com a assessoria do FNDE, em Brasília, que não respondeu às solicitações enviadas por e-mail e não retornou as ligações. 

JChaves
01/04/2012

Começam a vigorar a partir desta segunda-feira (2) as novas regras que definem a implantação do Registro Eletrônico de Ponto (REP). Inicialmente, elas são válidas para quem explora atividades na indústria, comércio e setor serviços. Em 1º de junho, será a vez do agronegócio. E, em 3 de setembro, das micros e pequenas empresas.

A mudança foi determinada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), justificando que com esta alteração a fraude na marcação da jornada não acontecerá. Segundo a estimativa do MTE por volta de 100 mil empresas já fizeram a adequação. Os órgãos públicos não são obrigados a seguir a regra.

Pela novas regras, o REP deverá ser usado por todas as empresas que tenham mais de 10 empregados e utilizem o equipamento eletrônico para registrar a jornada de trabalho. Há ainda outras duas opções: ponto manual ou mecânico. Num primeiro momento de fiscalização, as companhias que forem pegas em irregularidades não sofrerão aplicação de multa imediata.

Terão um prazo de 30 a 90 dias para se adequar. Mas, numa segunda visita, caso haja nova autuação, o empregador ficará sujeito ao pagamento de uma multa entre R$ 2.737,22 e R$ 4.025,32, a depender do número de funcionários, caso a defesa da empresa não seja aceita. Numa terceira vez, o fiscal encaminhará um relatório ao Ministério Público do Trabalho (MPT).

Oticas carol Pau dos Ferros
01/04/2012

A cúpula do DEM considera a situação do senador Demóstenes Torres (GO) insustentável dentro do partido e quer que ele vá ao plenário do Senado, já na segunda-feira, para explicar suas cada vez mais complicadas relações com o contraventor Carlinhos Cachoeira. Dirigentes democratas consideram que, independentemente da defesa jurídica que vier a ser montada por seus advogados, a saída menos traumática seria Demóstenes pedir logo a desfiliação do partido, evitando o processo de expulsão, como aconteceu no caso do ex-governador José Roberto Arruda (DF).

Os colegas de partido de Demóstenes consideraram que sua situação se agravou muito ontem, com a divulgação de diálogos entre ele e Cachoeira, divulgados pelo GLOBO. Mesmo cauteloso, o líder do DEM na Câmara, ACM Neto (BA), quando perguntado sobre as revelações que mostram que o senador pôs seu mandato a serviço de Cachoeira, respondeu:

As revelações trazidas pelo jornal O GLOBO agravam demais a situação do senador Demóstenes, e, se na segunda-feira ele não for capaz de apresentar uma defesa consistente e contundente, a situação dele no partido ficará insustentável. O presidente nacional do DEM e líder da bancada no Senado, José Agripino Maia (RN), também falou da gravidade das revelações e cobrou a presença de Demóstenes no plenário para se explicar publicamente a seus pares.

Supermercado Queiroz
31/03/2012

A realidade e os desafios do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte foram debatidos durante audiência pública realizada na manhã desta sexta-feira (30). Proposta pelo deputado Poti Junior, a audiência reuniu representantes do Judiciário, Ministério Público, Governo do Estado, instituições e entidades envolvidas com o tema. Na ocasião, foi apresentada a situação do sistema no RN e feitas uma série de cobranças com relação à administração carcerária. “Sabemos que não é um problema fácil de resolver, mas é preciso planejamento”, disse Poti Junior.

Para o deputado, as recentes fugas do presídio de Alcaçuz aumentou deixou a população mais apreensiva e foi uma das razões que o motivaram a propor a audiência. “O que estamos vendo são presos comandando organizações criminosas de dentro dos presídios. Lá entram celulares, drogas, armas, entre outras coisas. Tenho certeza que esta audiência será proveitosa. Não existe coisa impossível, precisa priorizar os recursos e tomar providências”, declarou Poti.

Para o promotor de Justiça José Braz, o caos engoliu o sistema carcerário do Rio Grande do Norte. “Temos assistido, perplexos, as fugas da maior penitenciária do Estado. Os presos fogem quando querem. Existe uma malha de túneis em Alcaçuz que parece um queijo suíço, o Estado sabe, e mantém aquilo daquele jeito. O sistema carcerário do Estado vem violando os princípios da administração pública. Destaco aqui desses valores: a moralidade, impessoalidade e eficiência”, declarou. O promotor sugeriu, ainda, que seja mudada a concepção político-governamental da administração das penas.

Oticas carol Pau dos Ferros
Blog do JP - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.
Os textos e as imagens deste site são de uso exclusivo do site blogdojp.com.br, não podendo ser usadas ou copiadas sem autorização, estando protegidos pela Lei de Direitos Autorais, seu uso indevido é considerado crime.