JP Borrachas e Parafusos
26 de fevereiro de 2020
11/02/2020
RN espera imunizar 55 mil pessoas na primeira etapa da campanha de vacinação contra o sarampo
Campanha contra o sarampo acontece em todo o Brasil — Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Campanha contra o sarampo acontece em todo o Brasil — Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Rio Grande do Norte espera imunizar um público de 55.800 pessoas na primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, que começa nesta segunda-feira (10) em todo o Brasil. A ação é realizada em parceria do Ministério da Saúde e das secretarias estaduais e municipais de saúde.

A campanha está dividida em duas etapas. A primeira delas acontece até o dia 13 de março, com o Dia D da mobilização ocorrendo no próximo sábado (15). O público alvo dessa primeira etapa são pessoas na faixa etária de 5 a 19 anos.

A segunda etapa vai acontecer entre os dias 3 e 31 de agosto e visa atingir o público dos 30 aos 59 anos de idade – o dia de mobilização nacional será em 22 de agosto.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), nesta primeira etapa o Rio Grande do Norte tem um público de 55.800 pessoas que não estão imunizadas com a primeira dose de sarampo. A Sesap, por isso tem a meta de vacina no mínimo 95% dessa população.

“A realização dessa ação e a adesão do público-alvo é imprescindível para garantir a devida proteção da população contra o sarampo e possibilitar a interrupção da circulação do vírus no país, sendo esse um passo importante para a recertificação da eliminação da doença do Brasil”, explicou a responsável técnica pelo Programa Estadual de Imunizações, Katiucia Roseli. *G1 RN

JChaves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Blog do JP - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.
Os textos e as imagens deste site são de uso exclusivo do site blogdojp.com.br, não podendo ser usadas ou copiadas sem autorização, estando protegidos pela Lei de Direitos Autorais, seu uso indevido é considerado crime.