JP Borrachas e Parafusos
19 de Fevereiro de 2018
06/02/2018
MST defende Lula, mas Temer fez mais pelo campo

O MST deu as costas, há muito, à defesa da reforma agrária e virou instrumento de defesa dos corruptos fisgados pela Lava Jato, incluindo o ex-presidente Lula. Demonstração disso é que o governo do presidente Michel Temer emitiu mais títulos definitivos de propriedade no âmbito da reforma agrária no ano passado, mais de 26 mil, do que a soma dos dez melhores anos dos governos Lula e Dilma somados. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Nos dois melhores anos, Lula e Dilma emitiram 6,8 mil e 6,5 mil títulos definitivos, respectivamente, ou a metade dos emitidos no ano passado

Em carta a Dilma em 2014, o MST fez críticas e disse que o governo dela “foi incapaz de resolver esse grave problema social e político”.

O MST passou a criticar a regularização fundiária alegando que o título definitivo “facilita a venda da propriedade”. *Diário do Poder

Uma resposta para “MST defende Lula, mas Temer fez mais pelo campo”

  1. revenger disse:

    será que política para sem terra é apenas dar título de terra?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do JP - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.
Os textos e as imagens deste site são de uso exclusivo do site blogdojp.com.br, não podendo ser usadas ou copiadas sem autorização, estando protegidos pela Lei de Direitos Autorais, seu uso indevido é considerado crime.