JP Borrachas e Parafusos
23 de setembro de 2017
17/05/2017
Ex-deputada federal é condenada à prisão por peculato e lavagem de dinheiro

sandra rosado

A ex-deputada federal e atual vereadora em Mossoró Sandra Rosado, além de outras quatro pessoas, foi condenada por fraude em processo licitatório, lavagem de dinheiro e desvio de verbas do Ministério da Saúde. A sentença foi proferida pelo juiz federal Orlan Donato Rocha, titular da 8ª Vara Federal.

A decisão foi tomada no processo que foi iniciado por uma denúncia feita pelo Ministério Público Federal. O alvo é um convênio assinado pela Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e Infância de Mossoró (APAMIM) com o Ministério da Saúde, no valor de R$ R$ 719.779,00.

A vereadora Sandra Rosado foi condenada por peculato e lavagem de dinheiro. A pena imposta foi de 9 anos 2 meses de reclusão e pagamento de 180 dias multa, com cada dia-multa correspondendo a um terço do salário mínimo vigente à época do delito.

Na sentença, o magistrado chamou atenção para o sucateamento da APAMIM. “Vale salientar que a sociedade não tolera mais que determinados agentes públicos, seja de que classe for, sobretudo a política, simplesmente promovam a gestão da coisa pública unicamente para satisfazer seus interesses espúrios, para enriquecer ilicitamente, causando prejuízo à prestação de serviços públicos essenciais de toda ordem. Hodiernamente, no atual estágio evolutivo em que se encontra a população brasileira, é necessária uma mudança de mentalidade nos mais variados setores da sociedade civil e do Estado, inclusive do Poder Judiciário, a fim de se conscientizar da gravidade e das consequências danosas dos crimes que malversam os recursos públicos”, destacou.

OUTRO LADO
Ao tomar conhecimento da condenação, a vereadora Sandra Rosado (PSB) emitiu nota de esclarecimento, na qual afirma ser inocente. Confira abaixo, na íntegra, o conteúdo da nota:

“A respeito de recente decisão da 8ª Vara Federal, envolvendo meu nome, asseguro não haver praticado as irregularidades que me são atribuídas, quando, na condição de deputada federal, indiquei, dentro da Lei, emendas ao Orçamento da União que resultaram em desenvolvimento para vários municípios do RN, sem tirar disso qualquer proveito pessoal.

Recebo a notícia com serenidade, embora discorde veementemente das conclusões expressas na sentença, que, diante da comprovação de minha inocência, será modificada em instância superior.

Assim, com fé em Deus e convicta de que essa grave injustiça será reparada, agradeço a todos pelas manifestações de solidariedade, assegurando que o acontecimento não abalará em nada o trabalho que realizo em benefício do povo de Mossoró.

Sandra Rosado
Vereadora”

Delirius

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do JP - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.
Os textos e as imagens deste site são de uso exclusivo do site blogdojp.com.br, não podendo ser usadas ou copiadas sem autorização, estando protegidos pela Lei de Direitos Autorais, seu uso indevido é considerado crime.