JP Borrachas e Parafusos
17 de novembro de 2017
23/08/2011
Pacientes não tem mal da vaca louca e sim, doença considerada rara

Por meio de uma coletiva, o Hospital Onofre Lopes, em Natal, esclareceu a situação de dois pacientes internados sob a suspeita da doença da Vaca Louca. Na ocasião, foi revelado que ambos não possuem esta mal, no entanto, possuem uma doença fatal degenerativa cerebral chamada de creutzfeldt-jakob, considerada uma doença muito rara. 

No Rio Grande do Norte, a doença já teve seis casos registrados desde 2006. O primeiro paciente natural da cidade de Martins foi acompanhado por seis meses até a sua morte. 

O hospital revelou apenas o sexo dos pacientes, um potiguar de 42 anos, e uma carioca de 31 anos, que mora na cidade há cerca de um ano. “No primeiro caso, o paciente está internado há um mês, e a segunda vítima, há cerca de uma semana”, disse.

Ainda segundo o Hospital, a paciente carioca começou a apresentar os sintomas por volta de um ano e os familiares estão conscientes que os dois casos são irreversíveis. “Depois do primeiro caso registrado em 2006, as outras vítimas da doença morreram quatro meses após a internação”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do JP - Rio Grande do Norte - Todos os Direitos Reservados.
Os textos e as imagens deste site são de uso exclusivo do site blogdojp.com.br, não podendo ser usadas ou copiadas sem autorização, estando protegidos pela Lei de Direitos Autorais, seu uso indevido é considerado crime.